Multa de R$ 30 milhões pode atrapalhar campanha de Mamoud Amed

Ex-prefeito de Itacoatiara, Mamoud Amed - Foto: Reprodução

A tentativa de Mamoud Amed de voltar para a Prefeitura de Itacoatiara (a 175 quilômetros de Manaus) tem obstáculos. Além de constar na lista de inelegíveis do Tribunal de Contas da União (TCU), o ex-prefeito terá de devolver aos cofres públicos mais de R$ 30 milhões.

O valor deve ser pago em até 30 dias. O motivo para a multa são irregularidades encontradas durante sua gestão de 2016.

O último mandato como prefeito de Itacoatiara de Mamoud Amed foi de 2013 a 2016. Ele disputa a prefeitura pelo Avante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui