Na Itália Lula diz que o Brasil “voltará a ser de todos os brasileiros, sem fome”

Ex-presidente apontou o combate à fome como uma prioridade urgente, em entrevista ao jornal italiano “Corriere Della Sera” - foto: destaque

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu entrevista ao jornal italiano “Corriere Della Sera” e apontou o combate à fome como prioridade urgente no Brasil.

De acordo com o petista, “a reconstrução do Brasil precisa começar pelo mais básico: garantir que todas as pessoas não passem fome, tenham direito a estudar e trabalhar em paz”.

“Hoje, infelizmente, o país voltou a ter 20 milhões de pessoas passando fome, o desemprego é enorme e as previsões são de que o nosso PIB siga estagnado.  Prometeram uma ‘ponte para o futuro’ que foi na realidade um salto para o abismo”, disse Lula, referindo-se ao projeto de Michel Temer que sucateou o país, fruto do golpe de Estado.

Lula fez um resgate ao lembrar a realidade oposta que o Brasil viveu durante as gestões petistas. “Nos governos do PT, o Brasil foi um exemplo mundial de combate à miséria e à desigualdade, ao mesmo tempo em que chegou a ser a sexta maior economia do mundo”.

Ele ressaltou ainda que é preciso “fazer com que o Brasil volte a ser de todos os brasileiros, que ninguém no nosso país passe fome”. “Sempre trabalhei e continuarei trabalhando para isso, sendo candidato ou não”, finalizou.

 Cortes 247 e assista:

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui