Nacional comemora 101 anos ao som de Raizes Cabocla

Conjunto Raízes Cabloca na festa do Nacional/Foto: Divulgação

Conjunto Raízes Cabloca na festa do Nacional/Foto: Divulgação

O Nacional Futebol Clube completa 101 anos amanhã, segunda (13), mas, a festa comemorativa foi realizada ontem, sábado (11), à noite, na sede do clube, em evento que reuniu diretores, conselheiros, autoridades e torcedores, o conjunto Raizes Caboclas tocou para mais de 300 convidados.

A diretoria inovou e aboliu o discurso, mostrando um vídeo de set minutos com as realizações de 2013, quando Mário Cortez assumiu o comando do mais querido. “Ninguém gosta de discurso longo. Por isso inovamos com um vídeo que mostra o que fizemos nesse período de um ano”, disse o presidente do Naça, Mário Cortez.

No pimeiro ano em que retornou à presidência do Nacional, Mário Cortez montou o time que recolocou o Naça no cenário Nacional. O time ficou entre os 16 melhores da Copa do Brasil, “Fomos além do que planejamos. Mas não conseguimos o acesso à Série C, que era nosso principal objetivo. E também não consegumos o Amazonense. Mas o futebol é assim mesmo, nos prega algumas peças. Temos de estar preparados para isso”, afirmou Cortez.

No final de 2013, o Nacional reformou e concluiu as 10 casas do CT Barbosa Filhos. as casas servem de moradia para os atletas que não são de Manaus. Além disso, o clube reformou o gramado e instalou sistema de irrigação programada.

“Temos de pensar o Nacional como clube grande. Damos totais condições para nossos atletas. Pagamos salários em dia. Aliás, poucos clubes no Brasil que adotam essa medida, Não estamos fazendo nada demais. Apenas cumprimos a lei. Quem trabalha tem de receber em dia”, disse o presidente.

Mas não foi só no futebol o investimento do Naça no último ano. A sede do clube está sendo reformada. O parque aquático passou por reforma e a academia de ginástica vai ser inaugurada em breve. Serão quase dois mil metros de área constuida.

O clube ganhou um salão de jogos, a administração foi reformada e informatizada. Agora, o Nacional pensa no futuro. O Clube prepara o lançamento da Rede Leão de Desontos, no projeto inovador para capitalizar o clube. segundo o presidente, a missão não é fácil, pois, o patrimômio do Nacional tem um valor alto.

“Temos uma sede localizada em uma área nobre da cidade. Um patrimônio que vale mais de 30 milhões de reais. O CT, pela localização, vale mais de seis milhões. Então, para manter e aumentar nosso patrimônio temos de gerar renda e, a Rede Leão de Descontos será op futuro do Naça. Aguarde!”, disse Mário Cortez.

Em 2014 o Nacional vai disputar três competições. O Amazonense, a Copa do Brasil e a Copa Verde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui