Amazonas Destaques Formal & Informal

Nomes do secretariado só dia 15/12 e anunciado pelo governador Wilson Lima

Deputados Serafim Corrêa e Luiz Castro: investimento para a presidência da Aleam - foto: recorte
Redação
Escrito por Redação

Não adiantou o governador eleito Wilson Lima (PSC) dizer que ele e o seu vice Carlos Almeida só vão anunciar os nomes do secretariado no próximo dia 15 de dezembro e, que todo e qualquer vazamento em torno de possíveis secretários, são meras especulações até a data anunciada.

Bem, a ordem do chefe de governo eleito, não calou dois aliados de primeira linha, com influência na Comissão de Transição de Governo. Eles que deveriam trabalhar para fortalecer a base política necessária ao governador eleito Wilson Lima (PSC) na Assembléia Legislativa do Estado (Aleam), hoje estão mais preocupados em divulgar nomes de possíveis secretários, do que intervir nas decisões políticas e econômicas do atual governo tampão, as mesmas que podem deixar o Amazonas em maus lençóis nos próximos anos.

E olhe que os dois não querem coisa pequena. Está na alça de mira, a pasta da Saúde, Terras, Infraestrutura … e, de quebra, um nome ligado ao PSB para a presidência da Assembléia Legislativa. Os poderosos Serafim Corrêa (PSB) e Luiz Castro (Rede), na verdade, estão remando contra o que está sendo avaliado na Comissão de Transição, que hoje (13), entrou na fase das subcomissões.

Deputados Serafim Corrêa e Luiz Castro: investimento para a presidência da Aleam – foto: recorte

Vele ressaltar, que a indicação e anúncio do secretariado não é atribuição da Comissão, mas do próprio governador. Como exemplo, podemos citar o governador eleito de São Paulo, João Dória (PSDB), o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e outros Brasil afora, que anunciam os seus secretários e Ministros e, a Comissão continua tratando de assuntos de transição, unicamente.

As Comissões de Transição não foram criadas para nomear secretários, mas para tecer radiografias política, social e econômica do Estado e, apontar soluções ao governador eleito.

Serafim e Luiz Castro estão plainando nas suas funções, na Comissão. Os dois podem até ter competência para tomar essas decisões, mas indicar o médico Jesus Pinheiro para a Secretaria da Saúde, a contra ordem do governador, unicamente para fortalecer o PSB, aí é um caso a discutir nas mídias sociais.

Evidente que a Comissão de Transição caminha a todo vapor, conforme o previsto, mas também, está se deparando com situações em que certas decisões não condizem com as pessoas que se julgam competentes para executá-las. O governador não pode ter em sua equipe, sangue ruim de integrantes que podem desvirtuar as ações para caminhos inesperados, indesejados.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.