O lixo do Natal espalhado nas praças e ruas de Manaus

O lixo espalhado nas ruas e praças de Manaus/Foto: Zeferino Neto

O lixo espalhado nas ruas e praças de Manaus/Foto: Zeferino Neto

Bastou o feriado do último dia 25 de dezembro, em comemoração ao Natal, para que a coleta de lixo da cidade revelasse sua fragilidade.

A cidade amanheceu o dia com lixo espalhado em vias públicas, praças e prédios históricos, formando um quadro desolador e propício para o surgimento de ratos e baratas, além é claro, de cães que ainda perambulam pelas ruas de Manaus.

A coleta de lixo regular, que havia dado sinais de melhora de forma geral, não resistiu a primeira festa de fim de ano, o Natal. A reportagem do Correio da Manhã percorreu apenas a área central da cidade, constatando a ineficiência na prestação do serviço.

Na avenida Presidente Dutra, no bairro da Glória, zona centro-oeste, era visível as sacolas de lixo espalhadas no meio fio da pista. Logo adiante, na Praça da Glória, a cena se repetia. Na Praça Santos Dumont, em frente a Casa do Eletricista, foi possível constatar que os moradores e lojistas da área usam o logradouro público como lixeira  a céu aberto.

Além de um forte esquema para os dias de festas no fim de ano, que não deve privilegiar apenas a Praia da Ponta Negra, torna-se imprescindível a realização de campanhas que busquem a conscientização da população. Do contrário, ainda teremos que conviver com o lixo nas ruas e avenidas, numa profunda contradição com a cidade que queremos para nós, nossos filhos e netos.(Zeferino Neto)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui