O PR joga as fichas em Marcelo Ramos para ganhar eleição, em agosto

As lideranças do PR prometem vir forte nessas eleições complementares.

Durante o encontro Estadual/2017 do Partido da República (PR), nesse sábado (13), no auditório da Assembleia Legislativa do Amazonas, os principais dirigentes anunciaram que o partido vem forte na eleição extraordinária de agosto para o Governo do Estado.

O nome do partido para a disputa é do ex-deputado estadual Marcelo Ramos, que na eleição para prefeito de Manaus obteve quase 500 Mil votos no segundo turno. Para o presidente do Diretório Regional do PR, o deputado federal Alfredo Nascimento, o nome da legenda é Marcelo Ramos e, promete buscar aliados, discutir alianças, formatar uma coligação que seja forte tanto na capital quanto no interior.

As lideranças do PR prometem vir forte nessas eleições complementares.

Alfredo afirmou ainda que a convocação de eleição direta pegou a todos de surpresa e que neste momento todas as forças políticas do Estado estão dialogando e buscando alianças.

No mesmo tom, Marcelo Ramos, presidente do Diretório Municipal do PR em Manaus, disse que os interesses do Amazonas devem ficar acima das vaidades pessoais, do querer das lideranças partidárias, ao ressaltar que a prioridade no momento é garantir uma transição tranquila e governabilidade ao governador em exercício David Almeida.

Marcelo Ramos destacou que esta será a primeira vez que um governador cassado será substituído por um político eleito em eleição direta. “Já tivemos quatro casos de cassação, mas em todos os casos o substituto foi escolhido a partir de eleição indireta.

Auditório lotado no encontro estadual de 2017.

O PR, que tem dois deputados estaduais, quatro vereadores em Manaus, dois prefeitos, cinco vice-prefeitos e dezenas de vereadores no interior, tem planos para em 2018 eleger a maior bancada de deputados estaduais, um deputado federal e um senador, além do governador do Estado.

O PR, também tenta costurar, de novo, uma aliança com o deputado federal Silas Câmara (PRB), que afirmou, recentemente ter na sua cota algo em torno de 40 prefeitos do interior do Amazonas e o mesmo número de prefeitos nas mãos. Pelo visto, o interior mais do que nunca vai fazer diferença nessa eleição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui