OAB-AM reforça buscas por respostas aos três jovens desaparecidos em Manaus

Os jovens estão desaparecidos há pouco mais de uma semana/Foto: Divulgação

O presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Amazonas, Epitácio da Silva Almeida, recebeu na manhã desta segunda-feira (7), na sede da OAB/AM, os familiares de Alex Julio Roque de Melo, 25, Rita de Cássia Castro da Silva, 19, e Weverton Marinho, 20, desaparecidos há pouco mais de uma semana após serem abordados por duas guarnições da Polícia Militar.

A reunião com os pais dos três jovens teve como objetivo requerer aos órgãos de Segurança Pública do Estado a celeridade nas investigações, assim como ao Ministério Público do Estado (MPE-AM), por meio da Procuradoria do Controle Externo da Atividade Policial (PROCEAP), para que estes tomem as providências cabíveis e assegurem respostas aos familiares.

Um ofício redigido e assinado pelo presidente da OAB/AM, Marco Aurélio Choy, foi encaminhado aos órgãos competentes solicitando maior atenção ao caso. O presidente da Comissão de Direitos Humanos falou sobre o assunto.

Os jovens estão desaparecidos há pouco mais de uma semana/Foto: Divulgação
Os jovens estão desaparecidos há pouco mais de uma semana/Foto: Divulgação

“A OAB/AM, enquanto órgão garantidor e fiscalizador da ordem pública e da paz social recebeu as famílias no sentido de ampará-las e requerer das autoridades as informações e as medidas necessárias para solucionar o caso. Nós oficiamos o Comando da Polícia Militar, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) e PROCEAP para que as famílias tenham respostas, bem como a elucidação desse caso que tem causado tanto temor”, reforçou.

Ainda de acordo com Epitácio, já foram requeridos os mandados de prisão preventiva dos policiais envolvidos no caso, e as investigações seguem em andamento. A OAB/AM não descarta a possibilidade de levar o caso para a corte interamericana de direitos humanos, caso o sistema jurídico nacional não atenda às expectativas das famílias. A seccional segue acompanhando o caso e permanece à disposição dos familiares durante as buscas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui