Obama pede ao Congresso autorização de uso militar contra Estado Islâmico

Jornalista americano Foley decapitado/Foto: Divulgação

Jornalista americano Foley decapitado/Foto: Divulgação
Jornalista americano Foley decapitado/Foto: Divulgação

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, enviou ao Congresso hoje, quarta-feira (11), uma proposta para pedir a autorização para o uso da força militar contra o Estado Islâmico (EI, ex-Isis).
Segundo o documento, o grupo “representa uma grave ameaça” aos norte-americanos e lembra as mortes dos reféns do país nas mãos dos extremistas. Na prática, essa seria uma autorização formal para os EUA entrarem em guerra.

A mídia norte-americana informa que a resolução tem três páginas e foi acompanhada de uma carta em que Obama pede que os parlamentares “mostrem para o mundo que estamos unidos” em combater o EI. Ainda de acordo com os sites do país, a ação teria validade de três anos e proíbe que esse ataque tenha duração ilimitada.

Atualmente, os EUA lideram a coalizão internacional que realiza ataques aéreos no Iraque.(Terra)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui