Obras do Prosamim prosseguem na capital e avançam no interior do AM

Foto: Tiago Corrêa/UGPE

As obras do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim) para 2020 englobam a conclusão das intervenções em andamento na capital e a expansão do programa para novas áreas da cidade e também no interior do Amazonas. Atualmente, o Prosamim executa obras de saneamento na Bacia do São Raimundo, beneficiando a população dos bairros Aparecida, Centro, Glória, Presidente Vargas, Santo Antônio e São Raimundo, nas zonas sul e oeste da capital. As obras são executadas pela Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), órgão que administra as ações e projetos do Prosamim, com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

As obras de saneamento na Bacia do São Raimundo realizadas pelo Prosamim implantaram, no ano passado, 24 quilômetros de redes de coleta de esgoto e agora se concentram na construção de seis estações elevatórias de esgoto, que serão responsáveis por enviar o resíduo das residências até a estação de tratamento que está sendo construída no bairro do Educandos. A Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) está localizada às margens da Bacia do Educandos e irá receber e tratar o esgoto de mais de 130 mil pessoas. As obras da ETE estão em andamento e seu status atual é de 25% de execução.

Ainda na capital, o Prosamim vem atuando em frentes de obras nas zonas sul e oeste. Duas das obras na zona oeste estão localizadas no bairro Presidente Vargas, popularmente conhecido como “Matinha”, sendo a primeira para a conclusão da Ligação Viária Luiz Antony (LLA), que é uma via com pouco mais de um quilômetro de extensão e que vai interligar os bairros da zona oeste. A obra também vai facilitar o acesso de quem vai pela avenida Brasil até o Centro da cidade.

Foto: Tiago Corrêa/UGPE

As obras da LLA estão com mais de 95% de conclusão e previstas para serem entregues no primeiro semestre de 2020. Essas obras contemplam uma via equipada com praça, ciclovia e iluminação de LED. No local, a construção do Parque Castelhana, localizado no final da LLA e início da rua Luiz Antony, no bairro Aparecida, será uma nova opção de lazer aos moradores da zona sul. O acesso ao parque será pela avenida Constantino Nery, ao lado do Terminal 1, e pela rua Luiz Antony.

“Para este ano vamos dar continuidade às obras que foram retomadas no ano passado, inaugurar aquelas que já estão com mais de 90% de conclusão e avançar no planejamento das demais que fazem parte do escopo de trabalho do governador Wilson Lima, como as ações para a comunidade da Sharp”, destacou o coordenador executivo da UGPE, Marcellus Campêlo.

A segunda obra no bairro Presidente Vargas é a intervenção na rua Walter Rayol que se encontra em fase inicial com a demolição das casas e a retirada dos entulhos provenientes das demolições. As obras da Walter Rayol incluem a restauração das vias do lugar, o plantio de mudas para recomposição da flora e a criação de espaços para convívio social e práticas esportivas (praças e academia ao ar livre).

Intervenção Leonardo Malcher a Parintins – Uma das intervenções do Prosamim na zona sul ocorre entre os bairros Cachoeirinha e Praça 14, onde o programa retirou 170 famílias que residiam sobre o leito do Igarapé Mestre Chico. A área de intervenção do programa vai da avenida Leonardo Malcher até a avenida Parintins. As obras na área iniciaram em janeiro deste ano e os operários atuam na demolição e remoção dos resíduos.

A intervenção entre as avenidas Parintins e Maués compreenderá a revitalização de uma área de 15.742,46m², onde serão construídas seis praças, academia ao ar livre, quadras multiuso e playground. A obra também prevê a construção de mais de 3.000m² de calçadas devidamente pavimentadas, além de executar serviços de drenagem profunda e superficial, saneamento básico e iluminação de LED.

A intervenção no Igarapé do 40 compreende a revitalização de um trecho que abrange as avenidas Silves e Maués, onde já foram retiradas cerca de 5 mil pessoas que residiam no leito do igarapé, sob o risco da subida do nível das águas.

Foto: Tiago Corrêa/UGPE

O início da intervenção no trecho iniciou no final de 2019, e atualmente os trabalhadores atuam na remoção dos materiais provenientes das residências que foram demolidas. Esse trecho a ser revitalizado vai funcionar como uma alternativa de trânsito para ligar a área da Manaus Moderna ao Distrito Industrial.

Intervenção cabeceira do Igarapé Manaus – Localizada na avenida Barcelos, bairro Cachoeirinha, e com uma extensão de 9.582m², a cabeceira do Igarapé Manaus, onde estão localizadas três nascentes, também recebe obras do Prosamim. A intervenção irá retirar 70 famílias que moram no local e urbanizar a área, equipando o espaço com praças, academia ao ar livre, playground e recomposição da flora.

A intervenção do Prosamim visa proteger as nascentes do Igarapé Manaus e criar áreas de convívio social para os moradores do entorno. As obras de intervenção do Igarapé Manaus estão em fase de distrato para a realização de novo processo licitatório.

As reformas dos parques urbanos construídos pelo Prosamim iniciaram em 2019 e serão concluídas em 2020. Esses locais receberão serviços de drenagem, paisagismo, reforma das quadras, banheiros e bancos, além da substituição de lixeiras e equipamentos danificados e a reforma dos pontos de vendas.

No ano passado, o Governo do Estado inaugurou a Praça Elza Simões de Oliveira (antigo Parque Bittencourt). O governador Wilson Lima também anunciou o início dos estudos e a viabilidade financeira para uma intervenção na área do incêndio no bairro Educandos, que desabrigou cerca de 600 famílias que residiam às margens da Bacia do Educandos, em dezembro de 2018.

Após a conclusão do Programa de Saneamento Integrado de Maués (ProsaiMaués), o Governo do Estado anunciou os estudos para implantação do Prosamim nos municípios de Parintins, Itacoatiara e Coari.

Em Maués, as obras contemplaram a construção de redes de esgoto e estação de tratamento e redes de distribuição e reservatórios de água que abastecem toda a cidade, bem como urbanizaram as lagoas do Prata e Maresia, dotando os espaços para o convívio social e prática esportiva.

Com a continuidade das obras do Prosamim em Manaus, registra-se a geração de, em média, 700 empregos diretos e indiretos já nesse início de ano. Essa mão de obra contratada atua em intervenções que iniciaram em dezembro de 2019 e janeiro de 2020, e está distribuída entre as zonas sul e oeste.

Com esse quantitativo, serão executadas obras de revitalização de leitos de igarapés, construção de parques, praças, novas vias e obras de saneamento básico que incluem estações elevatórias, implantação de redes de coleta de esgoto e uma estação de tratamento de esgoto. Atuam nas obras do Prosamim trabalhadores da construção civil, entre operadores de máquinas, engenheiros, técnicos de segurança do trabalho e eletricistas, além de assistentes sociais.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui