Omar Aziz estaria tentando mudar a regra do jogo nas eleições do AM

Senadores Omar Aziz e Eduardo Braga: com a Lava Jato batendo às suas portas.

Com o senador Eduardo Braga (PMDB) atolado até o pescoço em denúncias de recebimento de propinas, e no olho do furacão que se abateu sobre a política nacional, quem está tentando colocar a cabeça de fora na política local é o senador Omar Aziz (PSD).

Ele estaria tentando mudar a regra do jogo, promovendo conversas na base aliada do governador em exercício David Almeida (PSD), no sentido de inviabilizá-lo para as próximas eleições.

Omar, segundo informações obtidas na sua própria base, não está nem um pouco satisfeito com o crescimento vertiginoso do presidente da Assembléia Legislativa do Estado (Aleam) e atual governador em exercício, que pertence ao seu partido.

Senadores Omar Aziz e Eduardo Braga: a Lava Jato batendo às suas portas.

Omar tem pretensões de se candidatar pelo PSD, mas vem enfrentando fortes rejeição, em função de seu envolvimento nas operações da Polícia Federal do Lava Jato, Maus Caminhos, Arena da Amazônia, Ponte sobre o Rio Negro. Ou seja, Omar está no mesmo nível de denúncias e recebimento de propinas e de investigação da Polícia Federal, do Ministério Público, Justiça Federal, idêntico ao já enxovalhado senador Eduardo Braga.

Para juristas, que acompanham o desenrolar do fato pelo ótica da justiça, Omar Aziz, assim como Eduardo Braga podem ser presos a qualquer momento. Basta a Justiça Federal virar a sua artilharia para o lado do Amazonas, para fazer uma varredura nos velhos e contumazes “raposas velhas”, que aporcalharam o Amazonas com suas práticas corruptas.

Agora, querer inviabilizar o governador em exercício, David Almeida, unicamente porque ele se destacou nos poucos dias que está à frente do governo e por perceber a aceitação popular em torno do seu nome, aí é mais uma demonstração de pânico, de quem sabe que a corda pode quebrar, também, do lado mais do “forte”.

“Inviabilizar David que é do seu partido, essa seria a única maneira de Omar tentar o último suspiro no cenário onde hoje está moribundo”, disparou um jurista local.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui