Operação da PF investiga obras de 2017 do Incra em Rio Preto

Foto: Reprodução

A Prefeitura de Rio Preto da Eva esclarece que a operação denominada “Invio”, realizada pela Polícia Federal, na manhã desta quinta-feira (08), teve por objetivo investigar a execução de obras de recuperação dos ramais do Incra, que tiveram início no ano de 2017.

Da mesma forma, informa que a casa do prefeito Anderson Sousa e a sede da prefeitura não foram alvo da referida ação. As buscas da PF aconteceram na residência da secretária de infraestrutura e de engenheiros.

Foram feitas buscas de documentos nas empresas que estavam fazendo obras para a secretaria de infraestrutura. Uma delas, segundo a investigação, apresentou irregularidades.

A Prefeitura Municipal manifesta apoio e colaboração com o trabalho da Polícia Federal e se coloca à disposição para prestar todos os esclarecimentos necessários.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui