Órgãos do Sistema Sepror passam a funcionar em um mesmo local

Foto: Divulgação

Desde a primeira semana de novembro, a Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS) está funcionando no mesmo prédio onde já estão instalados os outros órgãos que compõem o Sistema Sepror (Secretaria de Produção Rural do Amazonas). As outras entidades funcionam no endereço desde abril de 2017. Situada na avenida Carlos Drummond de Andrade, nº 1.460, Bloco “G”, ULBRA, Conj. Atílio Andreazza, bairro Japiim, zona sul, a sede do Sistema Sepror é de fácil acesso e conta com um amplo estacionamento.

De acordo com o titular da Sepror, José Aparecido dos Santos, a partir de agora as ações do setor primário serão realizadas de forma integrada, para melhor atender os produtores rurais e parceiros. “A integração é uma das principais bandeiras da gestão do governador Amazonino Mendes. O fortalecimento do setor primário e o agronegócio têm sido uma das pautas mais debatidas no Palácio do Governo”, comentou Aparecido.

Foto: Divulgação

Para o diretor-presidente da ADS, Lúcio Flávio, a mudança vai facilitar a integração dos trabalhos das instituições. “Aqui vamos otimizar o tempo. O Sistema está harmonizado para que possamos prestar o melhor serviço para os produtores rurais e a população de modo geral, com um local mais acessível e com estacionamento”, destacou.

O Sistema Sepror

O Sistema Sepror – responsável pela execução das políticas públicas voltadas ao setor agropecuário, pesqueiro, aquícola e de abastecimento – é composto por quatro instituições ligadas ao setor primário: o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário Florestal e Sustentável (Idam), a Agência de Defesa Agropecuária e Florestal (Adaf), Secretaria Executiva de Pesca e Aquicultura (Sepa) e a Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS):

• O Idam é responsável por prestar serviços de assistência técnica e extensão rural aos agricultores familiares e produtores rurais do Estado do Amazonas, mediante processos educativos e participativos.

• A Adaf atua na defesa agropecuária e florestal, garantindo a preservação do patrimônio animal e vegetal do Estado, bem como a promoção da segurança alimentar e a conformidade dos produtos, insumos e serviços, por meio da saúde ambiental, vegetal, animal e humana.

• A ADS desenvolve ações para a viabilidade comercial de produtos agroflorestais, pesqueiros e minerais, por meio do Programa de Negócios Sustentáveis. Os resultados visam ampliar a geração de emprego e renda da população rural do Amazonas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui