PAC Alternativo oferecerá serviços gratuitos na Compensa

Serviços disponíveis emissão de documentos e cadastro para seguro-desemprego - Foto: Roberto Carlos/Secom

Neste sábado (19/01), o Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC) – Unidade Compensa, localizado na avenida Brasil, 2.638, bairro Compensa, abrirá as portas para uma nova edição do “PAC Alternativo”. A ação itinerante do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), oferecerá, das 8h às 16h, emissão de documentos e serviços gratuitos para a população.

Entre os serviços confirmados estão emissão de primeira e segunda via de carteira de identidade, certidões de nascimento, emissão de carteira de trabalho, além de agendamento e cadastro para seguro-desemprego, por meio da parceria da Sejusc com a Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab). O catálogo de serviços oferecido pela concessionária Águas de Manaus, Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) e Programa Estadual de Proteção e Orientação do Consumidor (Procon–AM) também estará disponível.

Foto: Roberto Carlos/Secom

Segundo o secretário executivo de Cidadania, Iramylson Freitas, a redução significativa das filas nos PACs é uma das prioridades da nova gestão. Ele explica que, neste período, a emissão da primeira via da identidade é o serviço mais procurado por conta das matrículas nas redes estadual e municipal e a medida atenderá a grande demanda da zona oeste.

“Temos como objetivo atender a demanda das férias escolares, dando ao cidadão respeito e dignidade”, afirma Freitas, destacando que outras ações já estão em planejamento. “Teremos mais novidades para a população”.

Orientação – Durante a ação itinerante, as equipes da Sejusc farão uma abordagem social sobre temas como Direitos Humanos e Enfrentamento à Violência Contra Mulher.

Foto: Roberto Carlos/Secom

A titular da pasta, Caroline Braz, ressalta a importância das atividades para chegar mais próximo da população. Ela aponta que a proposta é oferecer os serviços no dia de maior conveniência para o público que, durante a semana, não pode se ausentar do trabalho.

“No tocante à violência doméstica, faremos pequenas orientações que buscam acabar com o pensamento machista que está matando mulheres no nosso país. Além disso, aproveitamos essas ações para informarmos a população sobre a Rede de Proteção às Mulheres, como forma de incentivarmos as denúncias e reduzir o número de feminicídios no Amazonas”, afirma a secretária. “A educação em Direitos Humanos também é fundamental para a criação de uma sociedade mais justa e consciente de seus direitos e deveres”.

Documentos – Para emissão da primeira via da identidade, são necessários documentos como certidão de nascimento, três fotos 3×4 com fundo branco, comprovante de residência e CPF. Menores de 18 anos devem ser acompanhados do responsável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui