Pacientes retornam a Manaus após vencerem a Covid-19

Foto: Emerson Martinz

Seis pacientes que haviam sido transferidos de Manaus para outros estados para tratamento da Covid-19 retornaram à capital amazonense na noite de sábado (30/01) e madrugada de domingo (31/01), totalmente recuperados da doença. A ação é resultado da força-tarefa montada pelo Governo do Amazonas, por meio do Plano de Cooperação, que tem possibilitado o tratamento de amazonenses em outros estados da Federação.

A chegada ocorreu no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em dois voos. A primeira aeronave pousou na capital por volta das 22h40, trazendo quatro pacientes vindos de João Pessoa (PB) e São Luís (MA). Dentre eles estava a jovem Aline Maciel, que destacou o sentimento de gratidão pelo retorno.

“Primeiramente é um sentimento de gratidão, eu acho que esse é o maior sentimento nesse momento, a gratidão de poder retornar pra casa com a minha saúde realmente restabelecida, 100%. Um conselho, para quem conseguir ir nessa viagem, que vá”, disse após retornar do Maranhão.

A segunda aeronave pousou em Manaus por volta das 1h05, com dois pacientes retornando de Recife (PE). Um dos pacientes, Dyego Moraes, faz questão de agradecer à equipe que o acompanhou durante a batalha contra a Covid-19 no Hospital das Clínicas de Pernambuco.

“Gratidão tanto pelo estado do Amazonas quanto pelo estado de Pernambuco, que nos acolheu muito bem no Hospital das Clínicas, os médicos, a equipe médica excelente. Só tenho a agradecer”, disse.

Os pacientes foram recebidos por uma equipe do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), que disponibilizou veículos para transportá-los de volta para casa, com o apoio logístico da Casa Militar.

No total, até a madrugada deste domingo (30/01), já são 102 pacientes que venceram a Covid-19 e retornaram ao Amazonas após tratamento em outros estados brasileiros. Quando retornam, os pacientes seguem recebendo acompanhamento psicossocial de equipes técnicas do Governo do Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui