Palacete Provincial volta às atividades com a exposição ‘Na Sintonia do Rádio’

Foto: Michael Dantas

O Palacete Provincial, no Centro de Manaus, retoma as atividades a partir desta terça-feira (13/07), com a inauguração da mostra “Na Sintonia do Rádio”, da antropóloga e diretora teatral Nonata Silva.

O espaço cultural, que abriga a Pinacoteca do Estado e os museus de Numismática, Tiradentes, da Imagem e do Som (Misam) e de Arqueologia, vai funcionar de terça-feira a sábado, das 9h às 17h, com agendamento pelo Portal da Cultura (cultura.am.gov.br).

O secretário Marcos Apolo Muniz destaca que o acesso é gratuito e as visitas vão acontecer com dez pessoas por horário. Ele explica que o roteiro do local, com 50 minutos de duração, foi montado para atender aos protocolos de segurança em prevenção à Covid-19.

Foto: Michael Dantas

No local é exigido o uso de máscara, medição da temperatura e distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas. Também fica proibido o contato físico com elementos dos espaços, como colunas, paredes, vitrines expositoras, esculturas, pinturas, demarcadores, portas e maçanetas.

Foto: Michael Dantas

Mostra

Na exposição “Na Sintonia do Rádio”, a antropóloga e diretora teatral Nonata Silva, que também é artista visual, contempla três recortes específicos que destacam a invenção, as primeiras transmissões, rádios antigos, as radionovelas e toda a diversidade de timbres e sons das rádios locais.

O projeto foi contemplado no edital Prêmio Feliciano Lana, que faz parte das ações emergenciais da Lei nº 14.017/2020, conhecida como Lei Aldir Blanc, operacionalizada no Estado através do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

“A exposição apresenta instalações interativas, memorial e equipamentos históricos que produzem significados na interpretação e construção de sentidos a partir de uma linha do tempo e vão proporcionar uma experiência única aos visitantes”, afirma Nonata Silva. “São três espaços que vão contemplar desde quando o rádio surgiu no mundo, com modelos raríssimos das décadas de 1940, 1950, 1960, até chegar ao Amazonas, com a história dos nossos locutores”.

Foto: Michael Dantas

A ficha técnica da mostra traz Nonata Silva na direção e pesquisa, Jeisa Timberlake na assistência de direção, Nilce Pantoja na produção, Claudia Ribeiro na assistência de produção e Bruno Aguiar na técnica. Nonata Silva e Jeisa Timberlake dividem ainda a programação visual.

Roteiro

No Palacete Provincial, a entrada dos visitantes vai ser pela praça Heliodoro Balbi e a saída pelo portão da rua José Paranaguá. O roteiro começa pelo andar superior, no Museu de Numismática Bernardo Ramos e segue pelos museus Tiradentes e de Arqueologia.

No andar inferior, o público conhece a Pinacoteca do Estado, o Museu da Imagem e do Som do Amazonas (Misam). O tempo de permanência em cada etapa é de cinco minutos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui