Paratletas amazonenses conquistam seis medalhas em competição nacional

Foto: Amaury Moraes/Sejel

Os paratletas amazonenses Mikaela Almeida, Yasmin Oliveira e Johnatta Gomes conquistaram seis medalhas na II Etapa do Circuito Nacional de Parabadminton 2019, realizada pela Confederação Brasileira da modalidade, entre os dias 19 e 22 de julho, no Centro Paraolímpico Brasileiro, na cidade de São Paulo.

“A equipe do Amazonas, que é oriunda das escolinhas de iniciação esportivas do estado, está de parabéns. Com incentivo ao esporte e dedicação dos atletas, os resultados aparecem”, destacou Adérito Penafort Júnior, secretário Executivo Adjunto de Juventude, da Secretaria de Estado de Juventude, Esportes e Lazer (Sejel).

Os atletas, que fazem parte do Centro de Alto Rendimento da Amazonas (Ctara), administrado pelo Governo do Amazonas, por meio da Sejel, competiram com mais de 50 atletas de todo Brasil nas categorias principais, cadeirante e andante.

Revelada há três anos pelo núcleo de desenvolvimento de badminton do Ctara, que funciona na Escola Estadual Cacilda Braule Pinto, no bairro Coroado, zona leste da cidade, a paratleta Mikaela Almeida, de 16 anos faturou três medalhas nas disputas, sendo um ouro na categoria Dupla Feminina, uma prata na categoria Individual e um bronze na Dupla Mista. A paratleta disputou pela classe SU5, referente aos jogadores que tem alguma deficiência nos membros superiores.

Foto: Amaury Moraes/Sejel

“Meu desempenho foi muito bom, dei o meu melhor, mas quero melhorar ainda mais meus resultados. Agora o foco é no Parapan-Americano, que vai ocorrer em Lima, no Peru, entre os dias 23 de agosto e 1º de setembro, quero representar bem o Brasil e o Amazonas”, afirmou Mikaela, que vai embarcar no início de agosto rumo à cidade de São Paulo, para se preparar para esta competição internacional. “Estou um pouco nervosa por treinar em outro estado e longe da família, mas sei que será uma experiência importante na minha vida”, revelou.

Alto Rendimento – Quem também trouxe medalhas foi a paratleta do Ctara, Yasmin Oliveira, de 17 anos, que disputou na classe SS6, categoria destinada aos jogadores de baixa estatura, trouxe no peito duas medalhas de ouro, uma da prova Individual e outra da Dupla Mista. Da mesma forma esteve Johnatta Gomes, de 23 anos, da classe SL4, destinada aos jogadores que tem alguma deficiência nos membros inferiores, que levou prata na categoria Dupla Mista.

Agradecimento – “A delegação do Parabadminton Amazonense conseguiu um resultado expressivo e importante. Quero parabenizar o Professor Taffarel, técnico da equipe, e os paratletas, pela dedicação nos treinamentos. E aproveito ainda para agradecer ao secretário Caio, da Sejel, que nos disponibilizou parte das passagens aéreas. O apoio à modalidade é essencial e que venham mais vitórias para o Amazonas e para o esporte”, destacou o presidente da Federação Amazonense de Badminton (FAMBD), professor Ricardo Pina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui