Parceria IDAM/MDA estimula diversificação de atividades agropecuárias

Área de fruticultura/Foto: Idam
Área de fruticultura/Foto: Idam
Área de fruticultura/Foto: Idam
...e o Aviário/Foto: Idam
…e o Aviário/Foto: Idam

Como forma de mostrar que a produção integrada (Fruticultura, Piscicultura e Avicultura) no Amazonas gera renda e postos de trabalho, o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), e em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), realizará na próxima terça-feira (19), uma excursão à Unidade Produtiva Familiar Demonstrativa Integrada.
O evento, coordenado pela equipe da Unidade Local do Idam, em Manaus, acontecerá no sítio AM Silva (margem direita da rodovia AM-010, km 38, ramal do Edir), a partir das 08h00, e tem como objetivo incentivar os produtores da região a diversificarem ao máximo as atividades exploradas na propriedade.

De acordo com a assistente social Liliane Costa, que é uma das coordenadoras do evento, a atividade será dividida em três polos, onde os participantes serão orientados quanto ao manejo adequado para cada segmento, além disso, receberão informações sobre quantitativo de produção, recursos empregados em cada atividade até a comercialização.

Para o diretor-presidente do Idam, Edimar Vizolli, incentivar a diversificação de produtos significa assegurar e garantir o aumento da renda familiar, uma vez que, o agricultor ao oferecer opções de produtos ao mercado aumenta as chances de retorno financeiro.

A propriedade onde serão realizadas as atividades compreende uma área de 45 hectares e pertence ao agricultor Adivaldo Menezes da Silva, 55 anos. No local foram instaladas três Unidades Demonstrativas (UDs) com recursos do convênio Pacto Federativo firmado entre o Idam e MDA.

Atividades – Visto como referência na região, o agricultor destaca dois pontos fundamentais que contribuíram com o retorno positivo das atividades. “A assistência técnica no campo, que leva até nós agricultores o que há de mais atual quando se refere ao manejo das culturas e a oportunidade de comercialização dos nossos produtos diretamente ao consumidor por meio do feirão da Sepror.”, disse Adivaldo.

Segundo o agricultor antes de trabalhar com tecnologias adequadas no setor de piscicultura, a produção era em média 5 mil toneladas de pescado a cada semestre, hoje ela subiu para 10 mil toneladas.

“É importante mostrar os ótimos resultados obtidos na propriedade do agricultor Adivaldo para que outras famílias também tenham a oportunidade de investir na atividade e aumentar a produção. Temos que desmistificar aquela ideia de que, as pessoas que trabalham com a agricultura são de baixa renda, muito pelo contrário, o setor tem obtido ótimos resultados e tem melhorado a qualidade de vida das famílias tanto no aspecto econômico como social”, finalizou Liliane Costa.

Excursão – É um método planejado, em que se mostra e se explica, em um ou mais locais, a aplicação de técnicas e práticas existentes relacionadas à determinada atividade a um grupo de pessoas com interesses comuns, que se desloca a locais onde existem tais experiências visando adotá-las.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui