Parlamentar apresenta o ranking das 10 empresas mais reclamadas em Manaus

Vereador Wallace Oliveira (Pode) - Foto: Robervaldo Rocha – Dircom/CMM

O vereador Wallace Oliveira (Pode) apresentou o ranking das dez empresas mais reclamadas pelos consumidores na cidade de Manaus em 2019, citando especialmente as empresas concessionárias de serviço público de energia elétrica e águas, durante seu pronunciamento no plenário da Câmara Municipal de Manaus (CMM), na manhã desta quarta-feira (4/3).

Esse ranking foi determinado pelas reclamações, que são processos administrativos, feitas na Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor e Ouvidoria – Procon Manaus (Semdec), da Prefeitura de Manaus.

Somente no ano de 2019, foram realizadas 2.139 audiências no Procon Manaus. A lista da empresas reclamadas tem em primeiro lugar a Amazonas Energia, com 45% das reclamações (382); em segundo, a empresa Águas de Manaus com 24% (200); terceiro, a empresa de telefonia e serviços de internet NET/Claro com 6% (51); quarto, com 5% (40) a empresa OI/Telemar; quinto, a empresa Bemol com 5% (39); sexto, a empresa Vivo com 4% (36); sétimo a Instituição de Ensino Uninorte com 3% (25); em oitavo, a Motorola com 3% (25); nono, a multinacional Carrefour com 3% (21) e em décimo lugar ficou o Banco Bradesco com 3% (21).

Foto: Reprodução

A divulgação do ranking é uma determinação do Código de Defesa do Consumidor, no artigo 44, e do Decreto Federal 2.181/97, que regulamenta CDC e dispõe sobre a organização do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor (SNDC), onde determina que os cadastros de reclamações fundamentadas contra empresas constituam instrumento essencial de defesa e orientação aos consumidores.

O parlamentar comentou a posição da Câmara Municipal de Manaus em relação a situação dessas empresas concessionárias de serviços públicos. “Esta Casa não se omitiu de alertar e chamar para audiências públicas com a empresa Amazonas Energia, e as reuniões na Comissão de Águas com a empresa Águas de Manaus, porém vemos essas empresas nesse ranking”.

Fonte: CMM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui