Passageiro é detido após forçar retorno de avião, correr e gritar ‘jihad’

Homem aparece imobilizado/Foto: Reprodução
Homem aparece imobilizado/Foto: Reprodução
Homem aparece imobilizado/Foto: Reprodução

Um avião da United Airlines que levava 33 passageiros de Washington a Denver foi forçado a voltar ao aeroporto da capital americana quando um homem começou a correr e gritar “jihad”. Ele foi imobilizado por passageiros e comissários de bordo, e acabou expulso do voo, detido e interrogado pela polícia. O passageiro ainda foi levado para uma avaliação psiquiátrica.
Segundo passageiros no local, o homem se levantou pouco após a decolagem, na noite desta segunda-feira. Ele começou a gritar e a correr em direção à cabine. O capitão da aeronave teve que declarar emergência e relatou à torre de comando que o homem foi imobilizado. Ele ficou com um leve ferimento no rosto.

— A cabine está segura, e gostaríamos de retornar para o aeroporto e colocar as atuoridades para conversarem com ele — disse o piloto do voo 1074.

O homem é segurado, amarrado com fitas e material plástico e pedindo desculpas. Outro passageiro fala para ele não se mexer. Ele chega a dizer que há jihadistas no local. Quando a polícia chega ao local, ele começa a gritar desesperado.

Apesar do temor pela segurança, não foi constatada nenhuma ameaça no voo.(O Globo)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui