Passo a Paço pode ser inserido no Calendário de Manaus

Segundo dia do Passo a Paço 2019-Foto: Marcio James / Semcom

Durante discurso na tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM) na quarta-feira (11/9), a vereadora professora Jacqueline (PHS) reiterou sobre seu Projeto de Lei Nº 029/2019, que insere no Calendário Oficial da Cidade de Manaus o Festival Passo a Paço, a ser realizado anualmente nas festividades em alusão ao aniversário da cidade de Manaus.

Para a vereadora, o Passo a Paço é de suma importância para o aumento do turismo na cidade de Manaus, devido à pluralidade de expressões e linguagens artísticas locais, nacionais e internacionais, além de uma variedade de serviços gastronômicos.

“O Passo a Paço teve sua sexta edição neste ano, com um público recorde de mais de 201 mil pessoas, com mais de 50 atrações musicais, durante quatro dias de festival. A visibilidade do evento é impressionante, atualmente o Passo a Paço é considerado um dos maiores festivais do Norte do Brasil, e isso só tende a crescer. Precisamos valorizar e promover ainda mais esse projeto belíssimo da Prefeitura de Manaus, que exalta a diversidade, representatividade e multiculturalidade”, enfatizou a vereadora professora Jacqueline.

Vereadora professora Jacqueline (PHS) Foto: Divulgação

O objetivo da propositura da vereadora é evidenciar o projeto de ocupação artística do Centro Histórico de Manaus, o consolidando como o festival de Artes Integradas da Amazônia. Por isso a necessidade de inserir o Passo a Paço no Calendário Oficial da Cidade de Manaus, para que exista continuidade e todo o mundo o veja e o conheça com acesso e facilidade.

O QUE É O PASSO A PAÇO

Iniciado em 2015, o Passo a Paço, projeto de ocupação cultural do Centro Histórico de Manaus, vem expandindo fronteiras a cada edição, consolidando-se como o Festival de Artes Integradas da Amazônia, por meio da promoção do encontro de variadas expressões e linguagens artístico-culturais, nacionais e locais, no berço histórico da capital amazonense.

A programação, realizada pela Prefeitura de Manaus, em parceria com a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), conecta gastronomia contemporânea regional a música, teatro, dança, instalações culturais e exposições de artes plásticas, proporcionando novas vivências e experiências ao público em meio ao sítio histórico manauara.

O evento acontece anualmente, no segundo semestre, no entorno do Paço da Liberdade, um dos últimos exemplares da arquitetura neoclássica do Brasil e que hoje abriga o Museu da Cidade de Manaus.

Fonte: CMM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui