Peça que criticava truculência da Polícia Militar tem confusão e ator algemado

O grupo que faz a peça possui o apoio do Governo do Estado de São Paulo

O dia de domingo (30) não foi muito para atores que realizavam uma peça nas ruas de Santos, cidade localizada no interior de São Paulo sobre a truculência na ação de policiais militares. O espetáculo de nome “Blitz – O império que nunca dorme”, da Trupe Olho da Rua, acabou em confusão após policiais militares entrarem no local, interromperem a apresentação, apreenderem o material e algemarem um dos atores.

A peça fala sobre a truculência da ação da Polícia Militar. Um dos atores, Caio Martinez Pacheco, foi preso pelos PMs por um motivo que ainda não foi informado. O ator estava vestido com com uma roupa semelhante à de um policial militar mas, em vez de calça, usava uma saia.

https://www.youtube.com/watch?v=KoXIvXyWrlg

Os artistas relataram que não entenderam a ação, pois a peça possui o apoio do Governo do Estado de São Paulo. Por meio de nota, o comando do Policiamento da Baixada Santista disse que requisitou os registros documentais da ocorrência e que vai analisar a conduta dos PMs no caso.

Fonte: Varela Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui