Pepe Vargas aceita convite de Dilma, e vai para o lugar de Ideli Salvatti

Ideli deixa o cargo para Pepe Vargas/Foto: Arquivo

Ideli deixa o cargo para Pepe Vargas/Foto: Arquivo

Ontem (07), Vargas deixou a Secretaria das Relações Institucionais, responsável pela articulação política do governo, depois que a presidente Dilma Rousseff decidiu transferir as atribuições da pasta para o vice-presidente da República, Michel Temer.

Segundo o G1 apurou, Vargas foi convidado a ir para os Direitos Humanos, ontem, mesmo, na audiência em que pediu exoneração à presidente da República no Palácio do Planalto. Segundo o Blog do Camarotti, na ocasião, Dilma chegou a pedir desculpas a Vargas em razão do vazamento da informação de que o ministro Eliseu Padilha (Aviação Civil) havia sido convidado a se transferir para as Relações Institucionais. A transferência não ocorreu porque o PMDB, partido do ministro, barrou a troca, de acordo com o Blog da Cristiana Lôbo.

Na audiência, Vargas pediu a Dilma um tempo para pensar e, mais tarde, por telefone, comunicou à presidente que aceitava ir para os Direitos Humanos em vez de retomar o mandato de deputado na Câmara.

Após a confirmação, Dilma entrou em contato com Ideli, por telefone, para avisá-la da substituição. Mais cedo, depois de um evento no Planalto, a presidente já havia antecipado, pessoalmente, à ministra que, provavelmente, precisaria da vaga para acomodar Vargas.

Titular de três pastas no governo Dilma (Pesca, Relações Institucionais e Direitos Humanos), Ideli Salvatti reuniu parte de sua equipe ainda na noite de terça-feira para informar que deixará o comando da secretaria. Na manhã desta quarta (8), ela comunicou aos demais assessores sobre a saída.(G1)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui