Período de transferências para estudantes com deficiência começa nesta segunda

Procedimento será feito de maneira 100% a distância - Foto: Reprodução

A Secretaria de Estado de Educação e Desporto e a Secretaria Municipal de Educação (Semed-Manaus) iniciam, nesta segunda-feira (15/02), o período de transferência de alunos das redes públicas do Amazonas. Nos dias 15 e 16 de fevereiro, será a vez dos alunos com deficiência solicitarem a transferência.

As solicitações podem ser feitas pelo Portal de Matrículas, no link www.matriculas.am.gov.br, ou pela Central de Atendimento de Matrículas, por meio do telefone 0800 434-4040. As secretarias reforçam que, em razão do avanço da pandemia da Covid-19 no estado, nenhuma unidade de ensino está realizando atendimento presencial.

No período de 17 a 19 de fevereiro, o procedimento estará aberto para os demais estudantes, o que inclui aqueles que cursarão a modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Os pais ou responsáveis, cujos filhos possuem a documentação completa e com acesso à internet, deverão realizar a transferência por meio do Portal de Matrículas, que funcionará 24h. E aqueles que estão com a documentação incompleta, sem documentação ou dificuldades de conectividade, devem procurar a Central de Atendimento de Matrículas, de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h.

A gerente de Matrículas da Semed, Darlene Liberato, reforça que ambas secretarias se colocam à inteira disposição dos pais que precisam transferir seus filhos.

Assim como ocorreu no período de matrículas de novos estudantes, as vagas para transferência estarão abertas conforme disponibilidade das escolas. Caso a unidade não apareça como opção no site, é porque ela não possui vagas abertas.

Central de Atendimento – Ao ligar para a Central, o pai ou responsável irá ouvir uma mensagem gravada, alertando-o de que a ligação será retornada (callback). A ideia deste procedimento é que não sejam criadas filas e, consequentemente, o solicitante não espere tanto tempo para ser atendido pela equipe da secretaria.

No retorno da ligação, o pai ou responsável deverá passar as informações do filho, para que o atendente realize a transferência para a escola desejada. Caso não haja vaga na unidade, ele será alertado e deverá optar por outra escola. A Central de Atendimento de Matrículas também estará aberta, para tirar dúvidas acerca de quaisquer tópicos relacionados ao calendário de matrículas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui