Petroleiros deixam base de Urucu, no Amazonas

Foto: Reprodução

Na mesma esteira dos petroleiros das plataformas do Sudeste brasileiro, um grupo do setor petrolífero deixou a base de Urucu, localizada no município de Coari (a 368 quilômetros de Manaus), no fim deste domingo (16). A categoria aderiu à greve nacional contra as 400 demissões na Petrobras.

Desde que iniciaram o movimento grevista, a categoria faz uma série de protestos, entre eles a venda de gás com um valor mais em conta aconteceu em Manaus como forma de chamar atenção para as reivindicações da categoria.

A greve foi deflagrada para protestar contra as demissões que devem ocorrer, na próxima segunda-feira (24), na Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados do Paraná (Fafen-PR), que deve ser fechada pela Petrobras. Segundo a FUP, a suspensão das atividades vai provocar a demissão de mil trabalhadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui