PF deflagra operação contra crimes ambientais no AM

Foto: Divulgação

A Polícia Federal deflagrou durante toda a última terça-feira, 17/10, a Operação KM 180. O objetivo era combater associação criminosa voltada a prática de crimes ambientais, crimes contra o patrimônio da administração pública e obstar/dificultar a ação de fiscalização do poder público.


A operação mobiliza 16 policiais federais, que cumprem quatro mandados de busca e apreensão no distrito de Santo Antônio do Matupi, localizado no município de Manicoré, localizado na rodovia transamazônica. Atualmente a devastação na Unidade de Conservação Federal na região ultrapassa 700 hectares.

A investigação iniciou-se a partir de denúncia que constatou crimes contra unidade de conservação federal seguidos de atos de oposição à ação de fiscalização ambiental, praticados por pessoas ligadas ao setor madeireiro. Além dos crimes ambientais, os indivíduos investigados são acusados da destruição de duas viaturas do ICMBio e uma viatura da Força Nacional.

As medidas cautelares de busca e apreensão visam obter elementos que comprovem a prática dos crimes investigados, além de aprofundar a investigação sobre o destino da madeira. Somadas, as penas dos crimes de dano qualificado e associação criminosa podem ultrapassar 13 anos de reclusão.

Artigo anteriorEmpresas apontam os profissionais que elas vão precisar nos próximos anos
Próximo artigoDez aeroportos da França são evacuados após ameaça de bomba

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui