PF pede indiciamento do governador do Pará por fraude com respiradores

Governador do Pará, Helder Barbalho - Foto: Reprodução

Já está com o Superior Tribunal de Justiça (STJ) o pedido de autorização da Polícia Federal para indiciar o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB). Esse passo é necessário devido à Constituição, que dá foro privilegiado a chefes do Executivo.

O motivo são supostas irregularidades na compra de respiradores na primeira onda do coronavírus (covid-19).

Conforme as investigações, que envolveram cumprimento de mandados de busca e apreensão em endereços de Barbalho, a fraude foi da ordem de R$ 50 milhões.

De acordo com a PF, além do governador, outras sete pessoas também serão indiciadas. Entre elas estão o ex-secretário de saúde Alberto Beltrame.

Barbalho é acusado, portanto, de comandar esquema de compra de respiradores da China direcionada a uma empresa. Houve tentativa de mascarar a fraude em licitação com documentos forjados.

Para tanto, o governador baixou decreto para pagar antecipadamente, de uma vez, R$ 25,2 milhões à empresa, antes mesmo de receber os respiradores.

MP paraense pede afastamento de Helder Barbalho por improbidade
“Cuidando dos paraenses”

Em resposta, Barbalho emitiu nota em que afirma estar cuidando da saúde dos paraenses e nega as acusações.

Fonte: BNC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui