Amazonas Destaques Formal & Informal

Pista da Raquete no DI se transformou em ‘local de trabalho dos assaltantes’

O buraco da bala que por pouco não fez mais uma vítima fatal - foto: Gabriel Enock
Redação
Escrito por Redação

Mais uma vez volta acontecer assalto a ônibus dos Transportes Especial, dessa vez com arma de fogo e trabalhador do Distrito Industrial sendo atingido no pescoço por bandidos que operam regularmente na Pista da Raquete, próximo à casinha de saúde, ao lado do posto Atem, na Zona Leste de Manaus.

O trecho é conhecido e temido pelos motoristas dos transportes Especial. Eles dizem que esse trecho da pista virou ‘área vermelha, corredor de bandidos’ e onde acontecem assaltos quase que diariamente, sem que os bandidos sejam importunados pela polícia. “É como se o local fosse demarcado como área de trabalho dos bandidos”, lamentou o motorista.

ônibus igual a esse, foi mais um a ser assaltado na Pista da Raquete – foto: Gabriel Enock

De acordo com o motorista Chistian Valadares, da empresa Zenatu, que foi assaltado hoje, os bandidos abordaram o ônibus na retirada do plantão da madrugada, por voltas das 2:30 horas da manhã.

Os bandidos chegaram ameaçando e depois de assaltar, atiraram contra o veículo, atingindo a coluna do ônibus e o pescoço de um dos funcionários da indústria Gama. O nome do funcionário não foi revelado.

O tiro passou de raspão, mas poderia ter ceifado uma vida hoje de madrugada – foto: Gabriel Enock

Para o presidente do Sindicato dos Transportes Especial, William Enock, os assaltos nessa área viraram rotina. A Pista da Raquete é corredor de assaltos, todos sabem disso e até conhecem os assaltantes, mas até agora, não foi montada nem uma barreira para evitar esse tipo de ação dos bandidos.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário