Pista da Raquete no DI se transformou em ‘local de trabalho dos assaltantes’

O buraco da bala que por pouco não fez mais uma vítima fatal - foto: Gabriel Enock

Mais uma vez volta acontecer assalto a ônibus dos Transportes Especial, dessa vez com arma de fogo e trabalhador do Distrito Industrial sendo atingido no pescoço por bandidos que operam regularmente na Pista da Raquete, próximo à casinha de saúde, ao lado do posto Atem, na Zona Leste de Manaus.

O trecho é conhecido e temido pelos motoristas dos transportes Especial. Eles dizem que esse trecho da pista virou ‘área vermelha, corredor de bandidos’ e onde acontecem assaltos quase que diariamente, sem que os bandidos sejam importunados pela polícia. “É como se o local fosse demarcado como área de trabalho dos bandidos”, lamentou o motorista.

ônibus igual a esse, foi mais um a ser assaltado na Pista da Raquete – foto: Gabriel Enock

De acordo com o motorista Chistian Valadares, da empresa Zenatu, que foi assaltado hoje, os bandidos abordaram o ônibus na retirada do plantão da madrugada, por voltas das 2:30 horas da manhã.

Os bandidos chegaram ameaçando e depois de assaltar, atiraram contra o veículo, atingindo a coluna do ônibus e o pescoço de um dos funcionários da indústria Gama. O nome do funcionário não foi revelado.

O tiro passou de raspão, mas poderia ter ceifado uma vida hoje de madrugada – foto: Gabriel Enock

Para o presidente do Sindicato dos Transportes Especial, William Enock, os assaltos nessa área viraram rotina. A Pista da Raquete é corredor de assaltos, todos sabem disso e até conhecem os assaltantes, mas até agora, não foi montada nem uma barreira para evitar esse tipo de ação dos bandidos.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui