Plenário do Senado rejeita requerimento de urgência para apreciar indicação de Gim Argello ao TCU

Servidores do TCU são contra indicação do senador Gim Argello
Divulgação

O plenário do Senado rejeitou, nesta terça-feira (8), o requerimento de urgência para apreciar a indicação do senador Gim Argello (PTB-DF) como ministro do TCU (Tribunal de Contas da União). O requerimento chegou a ser aprovado simbolicamente, mas houve pedido de verificação de quórum.

Por 25 votos contra, 24 favoráveis e duas abstenções, os senadores negaram o pedido de urgência e decidiram que o senador terá de ser sabatinado pelos colegas antes da votação em plenário.

Leia mais notícias no R7

Pelo rito normal, Gim deve passar por sabatina na CAE (Comissão de Assuntos Econômicos). Se for aprovado pela comissão, o nome do senador será levado a plenário para que seja confirmada a indicação.

Servidores do TCU acompanharam a votação do lado de fora do plenário do Senado. Aos gritos de “Gim Não”, os técnicos do tribunal protestaram contra a indicação do senador ao cargo de ministro. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui