Polícia Civil frustra fuga de detentos em Eirunepé

Foto: Divulgação

Na madrugada desta sexta-feira (03/01), por volta das 5h, policiais civis da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Eirunepé, sob o comando do investigador Gonzaga Rezende, gestor da unidade policial, coibiram tentativa de rebelião de detentos custodiados naquela unidade policial. Segundo Rezende, 31 presos planejavam se rebelar, matar guardas municipais e rivais que estavam nas celas. Durante revista na carceragem da delegacia, foram encontrados estoques que chegaram a ser utilizados para serrar as grades das celas.
Gonzaga Rezende destacou que a ação policial contou com apoio de guardas municipais daquele município (distante 1.160 quilômetros em linha reta de Manaus). Rezende explicou que na noite da última terça-feira (31/12), a equipe de monitoramento da delegacia, identificou a possibilidade de fuga e rebelião na delegacia de Eirunepé. Conforme a autoridade policial, diante da situação, na quinta-feira (02/01), a delegacia foi reforçada com mais policiais civis.

Foto: Divulgação

“Os presos chegaram a serrar as grades de uma das sete celas da delegacia, para chegar às outras e tentar matar outros presos rivais, além de guardas municipais que fazem a segurança da carceragem. Por volta das 5h, eles chegaram no corredor da delegacia, porém não conseguiram êxito na fuga e na rebelião. Nós já estávamos de prontidão. Utilizamos da força necessária, quando conseguimos contê-los”, disse o gestor do DIP.

Rezende relata que a maioria dos indivíduos está presa por homicídios, latrocínios e tráfico de drogas; alguns vão ser julgados no decorrer deste mês. Ainda segundo o gestor, foi solicitada à Justiça, a transferência dos líderes da tentativa de rebelião e de outros detentos envolvidos no fato para Unidade Prisionais da capital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui