Polícia prende homem que projetava e fabricava armas caseiras, em Novo Aripuanã

Foto: Divulgação/PMAM

Policiais militares do 1º Batalhão de Policiamento de Choque (BPChoque) detiveram, na noite de sábado (26), um homem de 27 anos que projetava e fabricava armas de fogo caseiras, no município de Novo Aripuanã (distante 227 quilômetros da capital).

De acordo com as informações do Batalhão Militar, durante patrulhamento na rua Presidente Figueiredo, no bairro Tucumã, por volta das 23h50, os policiais avistaram dois homens em atitude suspeita e procederam à abordagem. Os dois tentaram fugir, sem sucesso. Durante busca e revista pessoal, eles se declararam usuários de drogas, e um deles, de 27 anos, informou ter envolvimento num crime de latrocínio ocorrido na cidade.

Foto: Divulgação/PMAM

Ainda de acordo com a equipe policial, o suspeito confessou também envolvimento na confecção de projetos artesanais para fabricação caseira de armas de fogo, informando que em sua residência havia um armamento do tipo escopeta em fase de finalização.

Os militares se dirigiram à residência do suspeito, onde, autorizados pela mãe do homem, realizaram buscas, encontrando armas caseiras, munições de diversos calibres, além de ferramentas, projetos de arma de fogo e insumos utilizados na fabricação dos armamentos.

A ação resultou na apreensão de uma arma caseira calibre 22; uma arma caseira calibre 32; seis munições intactas para calibre 22; uma munição intacta calibre 32; um celular marca LG; uma plainadeira; um tico-tico; uma esmerilhadeira; uma furadeira; um arco de serra; uma serra de mármore; um ferro de solda; uma luneta; R$ 402 em dinheiro; e canos de metal diversos, cortados e moldados para fabricação de armas caseiras de diversos calibres.

Todo o material ilícito apreendido foi encaminhado, ao lado do suspeito detido, para a 73ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Novo Aripuanã, para a conclusão dos procedimentos legais cabíveis. Foi confirmado na unidade que ele tinha registro criminal por latrocínio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui