Policiais entram em confronto com “piratas” no Rio Solimões

Foto: Divulgação

Policiais Militares do 3° BPM/TEFÉ em missão no Município de Coari/AM entraram em confronto com “piratas de rio”, após serem surpreendidos durante o deslocamento.

De acordo com o comandante do 5° BPM/COARI, tenente-coronel Pedro Moreira, o fato aconteceu por volta das 16h, nas proximidades da Comunidade Barro Alto, no Rio Solimões, cerca de duas horas da sede da cidade de Coari. Nenhum policial ficou ferido no confronto.

Os ladrões que agem nos rios, não resistiram à investida dos policiais militares que bem treinados e equipados puderam fazer frente ao ataque. Os “piratas” não tiveram outra alternativa se não jogar a lancha para a margem e caírem na água, fugindo pela mata de igapó e barrancos íngremes. A lancha equipada com motor Suzuki 140 HP, ficou andando em círculos no rio até ser pega pelos policiais.

No mesmo local, Forças Policiais sofreram uma emboscada de “piratas de rio” durante a noite no mês de maio e no mês de julho. Dois piratas foram mortos após confronto com policiais militares do 5° BPM/COARI.

É a quarta vez, em um período de menos dois anos, que há confronto entre policiais militares e “piratas de rio”, resultando em quatro mortes de infratores e apreensões de embarcação e armas.

Foto: Divulgação

Segundo relatos de moradores que não quiseram se identificar os “piratas de rio” são liderados por dois infratores que atuam para a facção do PCC conhecidos por “Gerlan”, “Iranildo” e “Denilson” que agem no local denominado de “Roda Gigante” no rio Solimões, entre as Comunidades do Catuá e Barro Alto.

A quadrilha utiliza furos e igarapés para se esconder durante o dia. Um dos locais preferidos é o “Igarapé Açu” e o Paraná do Carapanatuba de onde saem para atacar traficantes e outros que descem o rio.

Ainda segundo relatos, os “piratas” costumam utilizar lanchas velozes com motores potentes, armamentos pesados e vestirem uniformes de uso exclusivo das Polícias.

O deslocamento dos Policiais Militares até Coari/AM foi determinação do Comandante Geral da Polícia Militar do Amazonas, Cel PM Ayrton Norte, após ataque de “piratas de rio” à ribeirinhos que resultou na morte de uma pessoa. Os trabalhos continuarão e muito em breve novas prisões e apreensões poderão ocorrer.

Os Policiais Militares chegaram a cidade de Coari/AM no início da noite. A lancha apreendida será apresentada na 10a Delegacia de Polícia Civil em Coari para os procedimentos cabíveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui