Por 14 a 11 Moro perde o controle do Coaf

Foto: Divulgação

A comissão mista da MP da reforma administrativa retirou o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Justiça.

Foram 14 votos a favor e 11 contrários. O Coaf, dessa forma, ficará sob responsabilidade do Ministério da Economia. Contudo, a decisão ainda precisa ser aprovada nos plenários da Câmara e do Senado.

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, havia informado que a mudança da Coaf para a Economia “não era a melhor”. Bolsonaro também já declarou que não quer o Coaf na pasta de Paulo Guedes.

Fonte: Focos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui