Praias do Arraial do Cabo ficam escuras após rompimento de tubulação

Diferença na coloração da água na Praia do Forno - Guarda Ambiental Marítima (1) e Rodrigo Marinho (2)

O Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro (MPRJ) instaurou inquérito para apurar o rompimento de uma tubulação que provocou o avanço de material escuro pelas principais praias de Arraial do Cabo, conhecida como o ‘Caribe brasileiro’. As águas cristalinas ganharam coloração esverdeada e ficaram impróprias para o banho, pegando muitos turistas de surpresa.

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) coletou amostras na Prainha, na praia dos Anjos e na praia do Forno nesta terça-feira (29). O resultado, que vai dizer se a água está contaminada, deve sair na sexta (1º). Ainda nesta terça, as Prainhas do Pontal do Atalaia, de cenário paradisíaco, também ficaram com as águas escuras. Inea foi questionado se o local também será inspecionado.

“A gente vem, realmente esperando que vai ter aquela água azulzinha, toda limpinha. Aí chega tá tudo preto, tudo estranho, não gostei muito não”, disse a turista vida de Petrópolis, Nete Carvalho.

O MPRJ disse que abriu o inquérito ontem segunda-feira (28) e solicitou esclarecimentos da concessionária Prolagos e da Prefeitura de Arraial do Cabo sobre o problema nas quatro praias da cidade. A Prolagos informou que ainda não foi notificada.

Praia do Pontal da Atalaia é afetada por coloração esverdeada em Arraial do Cabo, no RJ — Foto: Rodrigo Marinho/G1

A tubulação da Prefeitura se rompeu na última sexta-feira (25) durante uma forte chuva. A orla da Prainha acabou cedendo e o material escuro invadindo o mar e avançando para as demais praias.

Com o problema, muitos banhistas estão se dirigindo para a Praia Grande, que fica em outro ponto e não foi afetada pelo vazamento.

Equipes da Prefeitura, em parceria com a Fundação do Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia realizaram na manhã desta terça a limpeza de lixos, algas mortas e microlixos da Praia do Forno. Um mutirão está previsto para acontecer na Prainha no próximo dia 9 de fevereiro.

Ainda de acordo com a Prefeitura, as praias estão sendo monitorados por equipes da Guarda Ambiental Marítima e Defesa Civil. O acesso às Prainhas do Pontal do Atalaia está liberado, mas a Prefeitura explicou que equipes estão orientando os banhistas a não entrarem na água.

Orla da Prainha em Arraial do Cabo, RJ, cedeu e água esverdeada deixou local impróprio para banho — Foto: Andreza Mendonça/arquivo pessoal

Além do Inea, a concessionária Prolagos também coletou material para análise das águas na tarde desta segunda-feira (28). Disse que fez a coleta a pedido da Prefeitura e que a análise será feita por um laboratório credenciado pelo Inea.

A Prefeitura de Arraial do Cabo informou que, “apesar de não ser possível prever um temporal tão grave, a Prefeitura tem cobrado a concessionária Prolagos, responsável pelo tratamento de esgoto no município, providências para acelerar a realização dos serviços elencados no contrato de concessão assinado em 2016”.

Uma reunião foi realizada no gabinete do Prefeito na manhã desta segunda, e diversas solicitações foram apresentadas à concessionária e também a Agenersa, agência reguladora dos serviços.

Água também ficou esverdeada na Praia do Forno após rompimento de tubulação — Foto: Divulgação/Guarda Marítima de Arraial do Cabo

A Prefeitura informou ainda que a Secretaria de Serviços Públicos já trabalha na limpeza de toda a rede de drenagem de águas pluviais, desentupimento dos bueiros e manutenção nas áreas em que o asfalto cedeu.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui