Prazo para Renegociação Emergencial segue até 30 de junho

Foto: Reprodução

A renegociação de débitos pode ser um dos caminhos mais inteligentes na hora de equilibrar a situação financeira de uma empresa ou atividade produtiva. Com base nisto, o Governo do Amazonas prorrogou até o dia 30 de junho o prazo para os clientes interessados em aderir às condições da Renegociação Emergencial da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam).

Na Renegociação Emergencial, o cliente pode ganhar prazo de até 180 dias para retornar os pagamentos e mantém o conceito na Agência (não haverá sanções punitivas). O pagamento de entrada é facultativo, e há desconto de 1% ao ano de juros de mora e 2% de multa sobre as parcelas vencidas.

A adesão não é automática, devendo o cliente entrar em contato com a Afeam por meio dos números disponíveis no site www.afeam.am.gov.br/renegociacao, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui