Prefeita de Beruri, Dona Maria, está na mira do TCE

Foto: Reprodução

Contratos com suspeita de favorecimento de empresas colocaram a prefeita de Beruri (a 170 quilômetros de Manaus), Maria Lucir Santos, mais conhecida como Dona Maria, na mira do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM). A gestora deverá explicar as motivações contratuais.

O órgão considerou representação do Ministério Público de Contas (MPC), que pede apuração dos procedimentos licitatórios com algumas empresas.

Estão na lista a J. B. Comércio Administrativo e L. J. de Aquino Serviços Administrativos Eireli.
O contrato com a J. B. Comércio, por exemplo, diz respeito à instalação de cerca e construção de arquibancada no estádio da cidade. O valor é de R$ 495,7 mil.

Sobre o contrato firmado com a empresa L. J. de Aquino Serviços Administrativos Eireli, a suspeita é de que um dos sócios, Leonardo Joseph de Aquino, seja parente do sócio-administrador da J. B. Comércio, José Edmo Joseph de Aquino.

A L. J. possui mais de um contato com a Prefeitura de Beruri, com serviços de manutenção de veículos e até de saúde ambiental.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui