Prefeita monta operação de guerra para recuperar ‘cidade devastada’ por vendaval

Prefeita Patrícia Lopes mostrando telhado danificado pelas fortes chuvas - foto: recuperada/vídeo

A prefeita Patrícia Lopes (MDB), monta uma operação de guerra em Presidente Figueiredo, para, segundo ela, atender famílias quer tiveram suas casas destelhadas ou danificadas pelas rajadas de ventos com fortes chuvas ocorridas no domingo (17).

O nome que ele deu à operação é: ‘plano emergencial de ajuda às famílias’ como se a cidade de P. Figueiredo estivesse destruída (vídeo).

Trabalhadores recuperam casa ‘destruída’ por vendaval – foto: recuperada/vídeo

A prefeita chamou assessores e sob orientação deles, gravou um vídeo para convocar profissionais da construção civil a trabalharem na obra de recuperação da ‘cidade devastada pelo vendaval’. Não disse se vai recompensar os profissionais.

Equipe de assessores preparando a operação emergencial – foto: recuperada/vídeo

Ocorre que, em levantamento extra-oficial, Presidente Figueiredo teve umas 50 casas atingidas, com no máximo 20 delas precisando de auxílio da prefeitura. E de acordo com moradores, os estragos nem foram tão sérios assim.

É certo que aconteceram casas destelhadas, árvores derrubadas, mas não morreu ninguém e nem sequer teve gente ferida.

O estardalhaço que a prefeita Patrícia Lopes está fazendo, segundo a oposição, “tem muito a ver com a necessidade de gastos desnecessários, que ela tem”.

Assista o vídeo e veja a preocupação da equipe com a população atingida:

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui