Prefeito e vice de Presidente Figueiredo têm mandatos cassados

Romeiro Mendonça e seu vice, Mário Abrahão - Foto: Reprodução

Por suspeita de terem se beneficiado com doações durante a campanha eleitoral de 2016, o prefeito de Presidente Figueiredo, Romeiro Mendonça, e seu vice, Mário Abrahão, tiveram seus mandatos cassados. A determinação saiu nesta quinta-feira, 26, com maioria de votos do pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM).

Tanto Romeiro quanto Mário permanecerão nos cargos até o esgotamento das possibilidades de recurso, conforme informações do órgão. As fontes de doação para o prefeito e o vice do município, localizado a 107 quilômetros de Manaus, seriam ilícitas.

———————————-

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA ASSESSORIA JURÍDICA DA PREFEITURA

Em razão da noticia divulgada na data de hoje (26/09/19) informamos que a decisão proferida pelo TRE-AM nos autos do REI no(a) RE n.116 é verdadeira porém passível de recurso.

Informamos que será interposto o referido recurso cabível para combater a decisão.

Vale ressaltar que a cassação só se dará em caso de trânsito em julgado, o que ocorrerá após esgotar todos os recursos possíveis e caso não haja a reforma a decisão anterior.

Enquanto não houver o trânsito em julgado os mandatos serão mantidos.

Informaremos sobre as novidades do caso posteriormente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui