Prefeitura de Lábrea pede apoio para combate a danos ambientais

Foto: Reprodução

Por ser um dos municípios com mais danos ambientais, a Prefeitura de Lábrea (a 783 quilômetros de Manaus) quer apoio para atuar no combate a danos ambientais. A cidade tem muitos problemas com desmatamento, o que está associado à extração ilegal de madeira, queimadas, criação ilegal de gado, “deficit” de fiscalização ambiental, criminalidade e grilagem de terras.

A situação do município é bastante crítica, segundo o promotor de Justiça Sylvio Duque Estrada, em razão de se encontrar na região do arco do desmatamento, com acesso por rodovias próximas aos estados de Rondônia e Acre.

O Ministério Público do Amazonas (MPAM) já constituiu força-tarefa para combater os desmatamentos e queimadas e tem atuado para promover a responsabilização dos infratores, de forma a atacar a relação risco/benefício da atividade e inibir as infrações pela perspectiva econômica.

Para promover o desenvolvimento de políticas públicas, com o apoio do MPAM, o prefeito Gean Barros e o procurador Fábio Veras também destacaram o planejamento do combate às queimadas e a preservação das áreas verdes.

“O Ministério Público está presente em todo o interior do Estado. Em Lábrea, nossa atuação é marcada pela luta permanente para que esse cenário de crimes contra o meio ambiente e em prejuízo à população seja transformado em políticas sustentáveis de caráter socioambiental”, afirma Alberto Júnior.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui