Prefeitura inicia mais uma etapa de vacinação contra a Covid-19

Foto: João Viana / Semcom

A Prefeitura de Manaus iniciou nesta segunda-feira, 12/4, mais uma etapa da vacinação contra a Covid-19. Seguindo as orientações do Programa Nacional de Imunização, serão alcançadas as pessoas com idades de 55 a 59 anos, que apresentam as comorbidades elencadas pelo Ministério da Saúde, em ordem decrescente. O cronograma foi aberto com as pessoas de 59 anos, nesta segunda e segue até a próxima sexta-feira, 15, quando o público de 55 anos será contemplado.

Nesses grupos estão pessoas que apresentam hipertensão arterial (estágio 1 e 2 com lesões de órgão-alvo ou doenças associadas; anemia falciforme, doença cerebrovascular, estágio 3; e Resistente-HAR), pneumopatias graves crônicas, cirrose hepática, doença renal crônica e síndrome de Down.

Foto: João Viana / Semcom

Os pacientes considerados imunossuprimidos como transplantados, pessoas vivendo com HIV, usuários que usam imunossupressores ou com imunodeficiências primárias, doenças reumáticas sistêmicas em atividade e pacientes oncológicos com tratamento realizado nos últimos seis meses, também integram o grupo prioritário para a vacinação.

A diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Marinélia Ferreira, orienta a população a realizar o cadastro no site Imuniza Manaus (https://imuniza.manaus.am.gov.br) e consultar a plataforma para se informar sobre as comorbidades. O sistema, uma das primeiras ações do prefeito David Almeida no enfrentamento à Covid-19, foi reconhecido como uma ferramenta fundamental para monitoramento e orientação das ações de saúde da gestão municipal.

A diretora frisa que é importante que a pessoa verifique se realmente sua comorbidade está elencada no que o Ministério da Saúde determina como prioridade neste momento. “Lembramos que essas comorbidades não são escolhidas nem pelo Estado, nem pelo município, mas pelo Ministério da Saúde, que dá as diretrizes, a partir de critérios de letalidade e morbidade causadas por essas doenças quando associadas à Covid”.

Esperança

O aposentado Aluizio Moyzes Ferreira Nobre Filho, que compareceu ao Centro de Convenções de Manaus (sambódromo), zona Oeste, na manhã desta segunda-feira, 12/4, disse que se tivesse que resumir a importância da vacina em uma palavra, a mais adequada seria “necessária”.

Para a pensionista Zeneide Veiga, a sensação foi de alívio e esperança. “Estou me sentindo bem, muito aliviada. Já faz tempo que eu espero por esse momento. É uma esperança de que tudo fique melhor”, resume.

Foto: João Viana / Semcom

Imuniza Manaus

O local e a data da vacinação podem ser conferidos pelos usuários enquadrados nos critérios de saúde e faixa etária determinados pelo Ministério da Saúde para esta etapa, no site Imuniza Manaus.

Depois de fazer o cadastro, o usuário precisa clicar na opção “Consultar 1ª Dose” para ter acesso à data do agendamento. A Semsa mantém, para a vacinação contra a Covid-19, em sete postos de vacinação nas quatro zonas geográficas da cidade, que funcionam das 9h às 16h. “Aqueles usuários que não têm condições de fazer o cadastro podem ir diretamente ao posto mais acessível, mas precisam ficar atentos aos nossos canais de comunicação, para saber a data correta do atendimento para a sua idade”, frisou Marinélia.

Documentos

Para ser imunizado o usuário precisa apresentar originais e cópias de um documento de identificação com foto, CPF e documento que comprove sua comorbidade. “Após conferir esses documentos, a cópia fica retida no posto de vacinação, para comprovar o atendimento aos critérios exigidos”, explica a diretora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui