PUBLICIDADE
Início Amazonas Prefeitura promove atividades no Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio

Prefeitura promove atividades no Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio

Foto: Camila Batista / Semsa

Profissionais da rede de atenção psicossocial da Prefeitura de Manaus promoveram, na manhã desta sexta-feira, 10/9, atividades de conscientização sobre saúde mental, na Escola de Tempo Integral Drª. Zilda Arns Neumann, no bairro Nova Cidade. A ação foi parte da programação do Setembro Amarelo, e destacou o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. Durante todo o mês, as unidades de atendimento da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) estarão realizando palestras, encontros, rodas de conversa entre outros recursos, para envolver a comunidade na discussão do tema.

O atendimento psicossocial é disponibilizado pela Semsa, durante todo o ano, nos Centros de Atenção Psicossocial e em unidades de saúde da rede municipal. Em setembro, toda a estrutura da secretaria é mobilizada nas ações de prevenção ao suicídio.

“O suicídio é um problema grave, de saúde pública, cuja prevenção precisou ser reforçada nesse período de pandemia. Nossas equipes estão prontas para acolher a quem precisar de ajuda. Nós orientamos a quem esteja passando por algum desconforto psicológico, que procure nossas unidades e Centros de Atenção Psicossocial, Caps, para ser atendido o mais rápido possível”, destacou a secretária de saúde do município, Shádia Fraxe.

Foto: Camila Batista / Semsa

A ideia de envolver estudantes do ensino médio na discussão do tema considerou a alta incidência de tentativas de suicídio e até mesmo a conclusão do ato, entre a população jovem.

“Quisemos chegar até eles para mostrar caminhos pelos quais podem ter ajuda, caso precisem. Temos toda uma estrutura que envolve o programa Saúde na Escola, programas de nutrição e o Caps Infantojuvenil, voltada para estimular a valorização da vida”, explicou a técnica de saúde mental do Disa Norte, Sheila Anjos.

A aluna Natálya Costa classificou como muito importante a iniciativa da prefeitura. “Foi muito interessante essa interação com os alunos, porque além de ajudar a muitos que precisam, mas não falam sobre isso, dá a oportunidade de sabermos onde e quando buscarmos orientação”, comentou.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

error: Conteúdo bloqueado!