Prefeitura solicita retorno de 100% da frota de ônibus para evitar aglomerações

Foto: Marcely Gomes / Semcom

Visando diminuir as aglomerações no transporte coletivo, o prefeito de Manaus, David Almeida, solicitou ao Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) que, já nesta segunda-feira, 25/1, as empresas do transporte público voltem a atuar com 100% de suas frotas de ônibus. A medida faz parte do pacote de ações implementadas pela prefeitura para combater o avanço do novo coronavírus na capital do Amazonas.

Desde a primeira onda da Covid-19 no Estado, registrada em abril do ano passado, as empresas do transporte público vêm atuando com apenas 70% de sua frota. Neste domingo, 24/1, David Almeida solicitou que o serviço seja normalizado, para que os passageiros possam ter uma maior segurança ao utilizar o serviço.

“Estamos enfrentando um inimigo que vem ceifando vidas na nossa cidade. Temos que intensificar as nossas ações para que possamos combater o novo coronavírus. Com a frota completa nas ruas, a população poderá respeitar o distanciamento nos ônibus, evitando as aglomerações”, disse o prefeito.

O diretor-presidente do IMMU, Paulo Henrique Martins, informou que irá se reunir, ainda neste domingo, com uma equipe do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amazonas (Sinetram) e do Ministério Público do Estado para definir as medidas que serão tomadas para que não faltem ônibus para a população.

“Vamos definir como será feita essa retomada. Os ônibus não poderão andar lotados. O Ministério Público do Estado vai acompanhar essas tratativas. Vamos trabalhar para que não haja aglomeração quando as pessoas estiverem indo e voltando para suas casas. Esses picos devem ocorrer pela manhã e por volta das 17h, tendo em vista que às 19h acontece o toque de recolher”, explicou Martins.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui