Presidente da Funasa reforça compromisso com saneamento no AM

Seminário de Saneamento Ambiental do Amazonas/Foto: Divulgação

Solucionar os problemas dos aterros sanitários e tirar o Estado dos níveis de saneamento semelhantes ao de países de extrema pobreza. Este foi o compromisso assumido pelo presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Ronaldo Nogueira, reforçado nesta segunda-feira (7), no 1º Seminário de Saneamento Ambiental do Amazonas, realizado no Centro de Convenções Vasco Vasques.

Conforme Nogueira, as deficiências identificadas no setor de saneamento estão diretamente ligadas aos problemas de saúde mais comuns entre a população, como diarreia e verminoses. “Estudos comprovam que a cada R$ 1 investido em saneamento, se economiza R$ 4 na saúde”, disse.

Presente no seminário, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), Josué Neto, comentou que esta é a primeira vez que o governo federal se compromete com o saneamento no Amazonas. Para o parlamentar, esta é uma oportunidade de mudar a vida da população do interior evitando problemas como hepatite, verminoses, entre outros.

“Temos dados que mostram que apenas 10% da cidade de Manaus tem rede de esgoto. Se está assim na capital, imagina como está a situação dos municípios do interior do Amazonas”, afirmou Josué Neto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui