Preso no Careiro Castanho suspeito de assassinar agricultor a terçadadas

José Vasconcelos Manauares, preso no Careiro Castanho/Foto: PC
José Vasconcelos Manauares, preso no Careiro Castanho/Foto: PC
José Vasconcelos Manauares, preso no Careiro Castanho/Foto: PC

A Polícia Civil do Amazonas prendeu o agricultor José Vasconcelos Manuares, de 18 anos, suspeito de matar com golpes de terçado, o também agricultor Manoel Tinoco Ferreira, de 50 anos. O crime ocorreu na Comunidade do Brasil, situada na Zona Rural do município Careiro Castanho.

De acordo com as informações do Delegado Adjunto da 34ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), Danniel Antony, o assassinato teria ocorrido por motivo passional. O autor do crime foi localizado por volta das 18h00, da última quarta-feira (12), na rua Marchetaria, na sede do município, após denúncias dos familiares da vítima e da própria família do homicida, que não resistiu à prisão.

Ainda segundo a autoridade policial, José confessou o crime e declarou em depoimento que sua esposa foi desrespeitada por Manoel. “Ele não gostou de algumas insinuações feitas à sua mulher e foi tirar satisfação com a vítima, sendo que este reagiu, indo em direção à ele com uma faca. Para se defender, o homem acabou desferindo vários golpes de terçado pelo corpo dele e na cabeça”, informou Antonny.

Após praticar a violência contra Manoel, ele ainda teria tentado esquarteja-lo. “Depois de efetuar os golpes, ele confessou ter tido a intenção de esconder o corpo, porém, ainda conseguiu decepar as pernas da vítima. O terçado utilizado no crime ele teria jogado no rio”, acrescentou o Delegado.
José Manuares permanecerá preso na unidade de polícia do município, onde foi indiciado por homicídio (Artigo 121 da Lei nº 2.848/40) e aguardará decisão da Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui