Primeira parcela do 13º salário beneficia mais de 90 mil servidores no AM

Foto: Márcio Azevedo/Secom

Mais de 90 mil servidores públicos ativos e inativos do Governo do Amazonas receberão, entre esta quinta-feira (25/06) e sexta-feira (26/06) a primeira parcela do 13º salário. O montante de R$ 229,4 milhões vai aquecer, principalmente, os setores do comércio, varejista e de serviços, que estão em processo de retomada gradual das atividades, após as paralisações devido à pandemia de Covid-19.

A primeira parcela equivale a 50% do salário bruto. Não há desconto do imposto de renda nem da Amazonprev, que serão recolhidos no pagamento da última parcela do décimo terceiro, no segundo semestre. A expectativa é que os recursos gerem novo fôlego e ajudem a movimentar a economia, em todo o Amazonas.

Foto: Márcio Azevedo/Secom

Segundo Frota, ao pagar a parcela do décimo terceiro, o Governo age “com sensibilidade e percepção de como funciona a economia, porque são as empresas que geram os impostos que vão abastecer os recursos do Estado”.

O presidente da Fecomércio ressalta ainda que a antecipação do 13º representa um marco no processo de retomada das atividades econômicas.

Benefício – Mesmo com o aumento nas despesas com pessoal no primeiro quadrimestre de 2020, de 0,35%, que corresponde a R$ 8 milhões, o Estado do Amazonas conseguirá honrar o compromisso com os servidores. “Não poderia ter outra maneira melhor de o Governo se preocupar com a gente, porque isso nos ajuda bastante a resolver nossas coisas, nossa família, educação, alimentação, dentro de casa principalmente”, considerou a assessora técnica Yanna Bruna.

Foto: Márcio Azevedo/Secom

“Já vinha pensando no 13º salário para terminar umas pequenas obras na minha casa e, como veio esse adiantamento, nessa semana mesmo já aproveitei para começar”, destacou a servidora Marcicleide Rodrigues.

“Vai ser um orçamento significativo, até porque a parcela do 13º salário, todos nós já fazemos uma previsão para ela, um orçamento, alguma coisa. Então vai ser um benefício muito bom para todos os servidores, com certeza”, pontuou a assessora jurídica Maria Leal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui