Procurador de Justiça pede prisão preventiva de Adail Pinheiro

Procurador-geral de Justiça Francisco Cruz

Procurador-geral de Justiça Francisco Cruz

O procurador-geral de Justiça, Francisco Cruz, pediu na manhã desta sexta-feira (7) a prisão preventiva do prefeito de Coari, Adail Pinheiro.

O pedido já chegou às mãos do presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Ary Moutinho. A expectativa que a prisão seja decretada ainda nesta sexta-feira e Adail Pinheiro seja preso nas próximas horas. Aguardem maiores detalhes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui