Programa gratuito de Alfabetização e Letramento abre inscrições para jovens e adultos

Foto: Divulgação

O Instituto Yduqs – responsável pelas ações sociais de diversas instituições de ensino, inclusive a Estácio – está com as inscrições abertas para o Programa de Alfabetização e Letramento de Jovens e Adultos. Os interessados poderão realizar suas matrículas até o dia 6 de abril e, para isso, bastam acessar o site https://institutoyduqs.com.br/alfabetizacao , mas quem quiser também poderá fazer sua inscrição em uma das unidades. Vale ressaltar que todas as aulas e os materiais didáticos são totalmente gratuitos.

Autonomia para utilizar o transporte público, ir ao banco, entender uma prescrição médica ou apenas desfrutar dos diversos recursos tecnológicos disponíveis hoje na palma da mão. Esses são exemplos que não fazem parte do cotidiano de uma parcela significativa da população. Segundo dados IBGE, divulgados em junho 2019, o Brasil registra o número de 11,3 milhões de analfabetos entre a população de 15 anos ou mais. Diminuir esta estatística é um grande desafio.

“O Programa de Alfabetização e Letramento de Jovens e Adultos foi lançado em 2018, pelo Instituto YDUQS em parceria com a Estácio, e tem como missão combater o analfabetismo e erradicá-lo nas comunidades do entorno das instituições de ensino do grupo Yduqs. Ele está alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) de número 4, da Organização das Nações Unidas (ONU), cuja iniciativa busca ajudar o indivíduo a exercer a sua cidadania, aumentando também as suas chances no mercado de trabalho. Transformar vidas…é isso que a gente faz por aqui”, comenta Cláudia Romano, presidente do Instituto Yduqs e vice-presidente de Relações Governamentais, Comunicação e Sustentabilidade da Estácio.

Durante quatro meses, os estudantes matriculados no programa terão aulas com alunos dos cursos superiores de Licenciaturas da Estácio – como Pedagogia, Letras, História, Geografia e Matemática – com a participação do corpo docente da instituição.

As aulas acontecem duas vezes por semana, com três horas de duração. A proposta é que ao final do curso os alunos sejam capazes de ler e escrever pequenos textos, com compreensão, além de resolver problemas matemáticos simples, utilizar de forma crítica informações veiculadas nas diferentes mídias e comunicar-se por intermédio de mensagens de texto em aplicativo de dispositivo móvel. Você conhece alguém que gostaria de aprender a ler e escrever? Compartilhe essa iniciativa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui