Programa ‘Hora da Merenda’, distribuirá 2 toneladas de alimentos

Fotos: Arquivo/Semcom

O projeto “Hora da Merenda”, distribuirá mais de 2 mil toneladas de alimentos, do programa de alimentação escolar, aos mais de 242 mil alunos da rede municipal, das creches à Educação de Jovens e Adultos (EJA). “Isso vai garantir alimento às crianças para que continuem seus estudos em casa”, disse o chefe do Executivo municipal.
Os itens da alimentação básica estão sendo reunidos em kits, a partir dos estoques da Central de Abastecimento e Logística da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e escolas municipais, considerando o período das aulas presenciais suspensas, por causa do isolamento social. A entrega, segundo a prefeitura, será feita a apenas um representante da família, por agendamento, para evitar aglomeração, devido à pandemia do novo coronavírus, causador da Covid-19.
Fotos: Arquivo/Semcom
“Essa atitude, além de garantir que as crianças se alimentem bem, nesse período de isolamento, e continuem com suas aulas e deveres a distância”, destacou Arthur Neto.
As atividades de distribuição dos itens às famílias iniciarão na quinta-feira, 16, nas próprias unidades de ensino em que os estudantes estão matriculados. Só serão entregues os itens conforme agendamento prévio entre a escola e o responsável pelo aluno, logo não adianta ir fora do horário marcado. A ação começará com 28 escolas atendidas até sexta-feira, 17.
A distribuição será nos turnos matutino, das 7h às 11h, e vespertino, das 13h às 17h, por equipe, que obedecerá o regime de escala alternada, reduzindo o número de profissionais envolvidos por dia.
Fotos: Arquivo/Semcom
A entrega dos kits será feita por salas de aula e suas respectivas turmas, para atendimento à comunidade, mediante agendamento prévio. É importante ressaltar que deverá comparecer apenas um responsável pelo estudante, no horário agendado, para pegar os itens e assim evitar aglomeração.
O programa é uma forma de minimizar os encargos das famílias, que possuem filhos estudando regularmente e têm na merenda escolar a certeza de uma alimentação diária e que, agora, não podem contar com a refeição, dada a suspensão das aulas. Terão direito ao auxílio, nos meses de abril e maio, todas as famílias de alunos matriculados pela Semed este ano e que estejam regularmente cadastrados no Cadastro Único (CadÚnico), da Secretária Especial do Desenvolvimento Social, vinculada ao Ministério da Cidadania.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui