Projeto de Lei transforma Festival em Patrimônio Cultural do Amazonas

Caprichoso e Garantido protagonizam o Festival de Parintins, uma grande festa folclórica que vira Patrimônio Cultural.

Caprichoso e  Garantido protagonizam o Festival de Parintins, uma grande festa folclórica que vira  Patrimônio Cultural.
Caprichoso e Garantido protagonizam o Festival de Parintins, uma festa folclórica que vira Patrimônio Cultural.

O Festival Folclórico de Parintins inicia nessa sexta-feira (27), em sua 49ª edição e a primeira sob a condição de “Patrimônio Cultural Imaterial do Estado do Amazonas”.
Por iniciativa do deputado Josué Neto (PSD), a Assembleia Legislativa aprovou um Projeto de Lei que define o evento como patrimônio cultural imaterial, em maio desse ano.
Com essa iniciativa, o Festival Folclórico de Parintins se torna apto a se candidatar a uma série de suportes financeiros e técnicos e ainda terá facilitada a criação de museus e centros de documentação sobre a cultura dos bumbás parintinenses.
A iniciativa estabelece a obrigação, por parte do Poder Público, de documentar a manifestação – sua origem, sua trajetória, as modificações por que passou, seus produtores, seu modo de produção, a forma como circula, entre outros aspectos relevantes – e dar ampla divulgação dessas informações a toda sociedade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui