Quatro vereadores de Coari são cassados por quebra de decoro parlamentar

Foto: Divulgação

A Câmara Municipal de Coari cassou, por unanimidade, quatro vereadores por quebra de decoro parlamentar. A decisão foi anunciada na noite de quarta-feira (15) durante sessão plenária. Dos 15 vereadores, 11 votaram a favor da cassação. Não cabe recurso administrativo.

A decisão afasta dos cargos os vereadores Samuel Castro (PSL), Adeva Cordovil (PTB), Ademoque Filho (PSDC) e Ewerton Medeiros (DEM).

Na denúncia contra os parlamentares, constam áudios onde eles estariam articulando um esquema criminoso com o intuito de afastar a atual administração municipal, distribuindo e loteando cargos, em troca de vantagens e promessas indevidas. Nas conversas, conforme a denúncia, eles usavam nomes de várias autoridades.

De acordo com o procurador da Câmara, Rafael Gomes, as gravações foram periciadas e a Casa entendeu que tinham indícios de prática de corrupção ativa e passiva.

Foto: Divulgação

“A decisão foi tomada pela Câmara por unanimidade. Foram cassados em razão de atos comprovados por áudios. Nos áudios se prova um plano às escuras para tomar o poder de forma antidemocrática”, disse ao G1.

Por meio de nota, Elton Barreto, que atua na defesa dos vereadores, disse confiar que o Tribunal de Justiça do Amazonas irá corrigir os atos da Câmara Municipal de Coari, “como fez em três oportunidades anteriores em que os quatro vereadores são acusados de quebra de decoro por simplesmente serem opositores do prefeito Adail Filho”. A defesa ingressou com mandado de segurança no Tribunal de Justiça do Amazonas na quinta-feira (15).

A Prefeitura de Coari disse que não vai comentar o caso.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui