Amazonas Economia Política

Queda na produção industrial é resultado de um governo ‘às cegas’

Foto: Divulgação
Redação I
Escrito por Redação I

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) anunciou queda de 6,1% na produção industrial do país em março de 2019, em comparação com o mesmo período do ano passado. E o Amazonas foi o mais afetado, com 10,8% de redução da atividade industrial, nessa mesma comparação. Um recuo de 0,5% no Estado, acumulando até o momento um saldo negativo de -5% em 2019. Para o deputado federal José Ricardo (PT), esse é o resultado do desastre que está sendo o atual Governo Federal, sem credibilidade e com graves prejuízos à população.

“Com essa situação na indústria brasileira e, principalmente, do Amazonas, perdemos emprego, aumenta a miséria e as dificuldades para a população. E não dá para culpar outros governos. Tivemos agora o fim do aumento real do salário mínimo, aumento do gás de cozinha, do combustível; a inflação está só aumentando, cortes nos investimentos em saúde, educação, dentre outros e as pessoas sem esperança. E até o setor empresarial sofre com as perspectiva”, declarou José Ricardo.

Ele destacou ainda, que pela primeira vez o Brasil está fora do elenco de países com interesses de investimentos, afirmando que falta credibilidade, sendo que as pessoas de baixa renda são as mais prejudicadas. “Estaremos sempre na defesa dos interesses da população e da Amazônia, esquecida por esse Governo. Por isso, vamos cobrar em breve em audiências com os ministros da Economia e da Educação, políticas de desenvolvimento para o país e para região, além de posicionamento sobre a Zona Franca de Manaus”.

Foto: Divulgação

Regularização fundiária

Cerca de duas mil famílias estão acampadas na estrada AM 352, que liga o Município de Manacapuru a Novo Airão, no estado do Amazonas, na extensão do trecho que compreende do Km 18 ao km 48. De acordo com informações de moradores das proximidades, as famílias se encontram em situação grave de vulnerabilidade social e almejam a regulamentação fundiária dessas terras no Programa de Reforma Agrária. Diante disso, o deputado federal José Ricardo apresentou esta semana, na Câmara dos Deputados, uma indicação ao Governo Federal para que, por meio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), tome as providências necessárias para regularização fundiária nessa área o mais rápido possível.

Para o parlamentar, regularizar essas terras, dando a posse definitiva a essas famílias, equacionará, de forma significativa, o problema social na área de reforma agraria, situação alarmante no Amazonas. “São muitos problemas com demarcação de terras e que resultam em violência e até mortes. Historicamente, no Amazonas existem vários conflitos que vão se agravando. Precisamos dar atenção especial nesta questão, até mesmo para implementar uma política de ocupação de terras com vistas a interesses econômicos, bem como para atender as populações tradicionais e mais pobres do estado”, destacou José Ricardo, informando que a indicação pedido é fruto de Requerimento nº 369/2019, de autoria do vereador do município de Manacapuru, Alex Bezerra.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.